8 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 8 Pin It Share 0 Filament.io 8 Flares ×

lovemarks_bigQuando comecei a graduação de marketing em 2012 não tinha ideia que me apaixonaria tanto pela área. E claro, devido a minha veia designer, gestão de marca é uma das vertentes às quais me instigam – além de gestão de pessoas, comportamento do consumidor, merchandising e comunicação integrada.

Mas falando especificamente em gestão de marca, descobri por acaso na biblioteca da PUCPR em uma de minhas pesquisas bibliográficas o livro de Kevin Roberts – “Lovemarks – O futuro além das marcas“.

Este livro traz uma visão sobre gestão de marcas um pouco fora do tradicional, com uma ideia que já é defendida por outros autores, ainda que, com outros adjetivos. Kotler defende a mesma teoria em Marketing 3.0, porém com outro enfoque. Dan Hill em seu fatídico Emotionomics, também. E há outros.

Foi na leitura do livro que soube sobre o artigo ‘Trust in the Future‘ que foi veiculado na revista Fast Company em setembro de 2000. Artigo esse que daria o sopro de vida ao livro, e por ser um texto muito elucidativo e interessante – além de inspirador – achei que poderia colaborar e disseminar a ideia, traduzindo e compartilhando este texto que vem de encontro com muitas de minhas próprias percepções sobre gestão de marca. Entrei em contato com a Saatchi & Saatchi (uma das maiores agências de publicidade do mundo, empregando mais de 6.000 pessoas em 86 países que faz parte do Publicis Omnicom Group, o maior holding de comunicação do planeta) solicitando autorização para traduzir e compartilhar, a partir de meu site, o PDF. Após uma semana recebi o e-mail de autorização, contando com a colaboração de dois professores da PUCPR que deram uma pincelada no conteúdo – agradecimentos a Profª Juliana Del Secchi e Profº Glauco Fürstenberger – e criei um design para o PDF, para deixar a leitura mais leve.

É importante notar durante a leitura o que Roberts prega, além de ser fundamentado em sua própria vivência como CEO é perceptível também em nosso dia a dia, onde marcas que amamos estão inseridas em nossa rotina. É provável que conscientemente não possamos responder a uma simples pergunta: “Por que você usa essa marca ao invés daquela?”, ou mesmo que o façamos sejam respostas mascaradas pelo momento de racionalização, sem levar em conta as emoções que nos envolvem no momento da compra.

Mesmo tendo a consciência que o PDV tem o potencial maior pra determinar a escolha do consumidor numa compra e, que ações pontuais de merchandising alavancam os números de vendas, é fato também que marcas as quais amamos tem peso maior em nossas decisões de compra. Do cigarro ao chocolate, da margarina à bolacha, do refrigerante ao café, tanto quanto do celular ao notebook – e todos aqueles produtos os quais compramos porque confiamos, validamos ou amamos – este símbolo cheio de atributos tangíveis e intangíveis por detrás do produto em si, o qual denominamos marca, de várias formas nos transmite valores.

Mas, além desses valores as marcas precisam estar voltadas, de alguma forma, à sociedade, participando de suas aspirações, colaborando para sua manutenência, sendo transparente em suas ações, estando disposta a ouvir seus clientes, criando verdadeiros laços de amor.

Ao ler este artigo será possível compreender:
• O que são marcas de confiança e o conceito Lovemarks;
• A importância da conexão emocional com os consumidores;
• Informação x Mistério – Em qual apostar?
• O amor à marca começa da empresa pra fora.

A leitura do livro, claro, será mais rica em detalhes e acabará se tornando um livro de cabeceira para designers, mercadólogos, publicitários e todos os apaixonados pelo mercado e em gestão de marca. Eu realmente recomendo muitíssimo sua leitura e é um dos livros que em 2014 mais me encantou – seja pelo design elegante ou mesmo pelo conteúdo elucidativo.

**  O PDF é uma tradução livre e autorizada do artigo “Trust in the Future” de Kevin Roberts na edição de setembro de 2000 da revista Fast Company.

BAIXE AQUI O PDF >>>

downloadtrustinthefuturepdf

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *