0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

No 1º ano da graduação de Marketing pela PUCPR (2012), fomos desafiados pelo professor Felipe Belão em sua matéria ‘Comunicação Empresarial’‘ a criar uma campanha publicitária para alguma marca.

Em uma reunião com o grupo chegamos a conclusão que seria legal fazer algo altruísta, mas não queríamos atender uma marca qualquer de varejo. Decidimos por criar algo para o Hemobanco que pudesse, se assim fosse desejo da instituição, ser utilizado pela mesma.

No inverno, principalmente na região sul do país, as doações de sangue caem drasticamente e os bancos de sangue ficam vazios. É nessa época do ano que o Hemobanco recorre a propagandas de TV, spots de rádio e tudo o que for possível para comunicar sua necessidade de doações. Como lógica do raciocínio, chegamos a conclusão que nada melhor que outdoors, pontos de ônibus e tótens publicitários espalhados pela cidade para lembrar os bons samaritanos que, mesmo estando frio, ainda é preciso doar sangue.

Criamos então a ideia central, e fiquei responsável por desenvolver as peças que seriam o mote da campanha. De outdoor à um novo site, inclusive conteúdo e algumas ações para mídias sociais, desenvolvi o esboço da ideia central: aquecer a vida através da doação. Tendo um cachecol com a logo da instituição sendo usado em todas as peças, este seria distribuído como brinde a cada doação. O coração, utilizado em algumas delas, é formado por um amontoado de cachecois.

Também fazia parte da ação convidar artistas famosos que estivessem de passagem por Curitiba a tirar uma foto usando o cachecol da campanha e, até mesmo doando sangue, para matéria do site como forma de incentivar outras pessoas. Esse conteúdo seria compartilhado em todas as mídias utilizadas pelo Hemobanco com foco em fanpage do Facebook e Twitter.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *