Android 100%: Primeiras impressões.
2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 2 Pin It Share 0 Filament.io 2 Flares ×

Recentemente adquiri o Nexus 4 da Google com a versão 4.4.1 Kit Kat do Android, Wi-Fi e 3G.

Tacitamente, adoro o aparelho. Peso, design e desempenho – num 3G pré-pago, usando muita wi-fi – me mantém atualizado através dos apps, sendo uma das minhas principais extensões ao digital. 100% de puro Android, totalmente integrado com alguns dos produtos do Google, os quais eu já utilizava.

nexus4

A partir de então – usuário por muito tempo de um iPod Touch, entusiasta do iOS e fã dos produtos Apple – procurei me inteirar sobre todas as funcionalidades do sistema Android, dos produtos na Play Store, e das possibilidades que o aparelho poderia oferecer a nível de usabilidade. Essas foram algumas de minhas percepções.

Uma coisa legal no Android é toda a conectividade que ele fornece com os produtos do Google. Eu não preciso sentar de frente ao PC boa parte do dia, quando gerencio perfis, fanpages, campanhas, sites, afins. Mesmo quando busco informação ou contato, já o faço 100% mobile. PC agora só pro trabalho e trabalhos.

Claro, a capacidade de resposta do aparelho (processamento, conectividade, usabilidade, etc.) é o atributo mais importante na hora de se ter o benefício da mobilidade. Um bom plano de dados também, porém a wi-fi ajuda muito! Por ter dado um salto evolutivo – no sentido comparativo do antigo aparelho versus Nexus 4 – não possuo apontamentos negativos.

Algumas funcionalidades que achei legais no Android:

Deixar uma mensagem na tela de bloqueio, caso venha a esquecer seu aparelho por aí (configurações – segurança – info do proprietário). Assim a pessoa que encontrar pode entrar em contato para devolvê-lo. Torça pra ser um bom samaritano. Porém há o app Gerenciador de Dispositivos do Android que lhe auxilia a rastrear ou mesmo inutilizar seu celular perdido ou roubado pelo PC. Você loga na página de gerenciamento, com seu login e senha de conta no Google (tendo, previamente, cadastrado seu aparelho com o app instalado) e pode fazê-lo tocar, bloqueá-lo ou mesmo apagar todos os dados à distancia!

Você pode também recorrer ao IMEI, mas acredito que somente em último caso.

gerenciador

 Outra funcionalidade fantástica, dos aparelhos que possuem o sistema, é usar o Android Beam, que permite transferência de arquivos, contatos, músicas, vídeos, fotos e aplicativos apenas encostando um aparelho no outro. Se você está lendo algo interessante no Chrome e quer compartilhar com seu amigo, é só encostar um telefone no outro e pronto, a mesma tela abre no navegador do celular dele.

Android_Beam

Outra funcionalidade legal da versão 4.4.1 é poder agrupar aplicativos por categorias. Gosto deles no clipboard. Para não ter várias telas com aplicativos demais – dificultando encontrar rapidamente o que se procura – agrupa-se vários aplicativos em um só ícone bastando arrastá-los sobre este, e soltar para que se enfileirem. Tocando sobre o grupo, uma pequena janela contendo os apps agrupados abre.

telas

Bons aplicativos são completamente essenciais. Claro, tudo depende do seu perfil. Tirando aqueles que já fazem parte da configuração básica do Android como o Google Nowvale a pena aventurar-se pela Play Store. Para se ganhar tempo é bom saber previamente o que se quer encontrar então, sem receios em ler as famosas listas semanais, top 10, e afins. Legal também ler os comentários e notas, antes de instalar o app e, sempre que possível, avaliá-lo. Assim, deixamos um pouco de nossa própria percepção que retorna como feedback aos programadores, servindo também de referência para os próprios usuários.

Eu instalei o App do Dia, que oferece um aplicativo pago por dia, de graça. Utilize com moderação ou não vai conseguir testar tudo, acabando por ocupar espaço demais do gadget. A dica é ler a informação sobre o app e baixar o que realmente você acredita que vai utilizar.

 Os que mais utilizo, segundo informação do próprio Android (outra função), listei abaixo. (clique sobre, para ir a Play Store):

Google+GmailFacebookPages ManagerAgenda •  Play Musica  • Google DriveHello SMS • Play Store • Autenticador do GoogleLomo CameraWazeThe CleanerLetras Mus • ZedgeMusixMatchVLC (player de vídeo) • Gravador de VozTunein RadioGravity ScreenGoogle GooglesPlay LivrosDropboxQuick Office, entre outros. Os que forem pagos, provavelmente baixei pelo App do Dia.

Pros momentos de procrastinação, games. Como eles simplesmente SUGAM a bateria do celular não tenho muitos, mantenho os que mais gosto, para aquela espera no consultório do dentista e afins:

Plant vs Zumbie IIAngry Birds Star WarsZombie Lane (procuro por vizinhos!) • 2048Litle Red Riding Hood (com cara de um game feito por Tim Burton), Sonic Dash,  Crazy Penguin Assalt e My Singing Monster (viciante).

Aliás, não posso deixar de falar das funcionalidades do Google Now! Ele te mantém informado sobre o trânsito, baseado em sua geolocalização e memoriza seus trajetos e locais frequentes te informando o tempo de chegada. Quando você faz pesquisas no Google ou lê algo em um blog, por exemplo (logado em sua conta Google), ele volta a lhe informar sobre as atualizações daquele tema, site, blog ou pesquisa, tudo na tela do celular. Ele lhe informa sobre as partidas do seu time preferido, o clima de sua região,  dá dicas relacionadas a locais baseado em informações que colhe em sua conta de G-mail, reconhecendo reservas de hotéis que você possa ter recebido em sua caixa de entrada. E, já se espalha pela web, num futuro muito próximo o Google Now irá lhe informar de locais próximos a você que tenham produtos os quais você está pesquisando na web para compra. Tudo isso em tempo real! É realmente impressionante nas primeiras vezes a aplicabilidade deste produto do Google.

googlenow

Falando um pouco de música no Android, ainda que o aparelho esteja na tela de bloqueio, por exemplo, o player fica livre na tela para pausar, retroceder ou adiantar uma música. Vários apps são oferecidos na Play Store, eu utilizo dois: MusicxMatch (que me fornece as letras em tempo real) e o Rdio (mas é preciso assinar o serviço). Mas um que realmente vale a pena comprar (aliás, ele é free mas você paga para se livrar de propagandas sonoras e poder escolher livremente as músicas em um toque, sem ter que obrigatoriamente seguir a playlist) é o Spotfy. Um serviço de reprodução de música por meio de streaming (até aqui nenhuma novidade) o qual lhe apresenta listas das músicas mais tocadas e lhe oferece, já de entrada, seleções de música prontas para ouvir como: Para Relachar, Sleep, Diner, Rock, Noite Eletrônica, Chegando em Casa, Esquenta Sertanejo, e vários outros temas. Tudo free!

A câmera do Nexus 4, apesar de não ser das melhores, dá conta do recado. Com uma boa iluminação ou em espaços abertos, de dia as fotos e vídeos ficam muito boas. Porém fotos noturnas e com pouca iluminação ficam terríveis… Enfim, nem tudo é perfeito. O app Google Câmera é muito bom e o photo sphere é a cereja do martine. Como gosto muito de foto, baixei outros aplicativos que mantenho num mesmo grupo somente para isso. O Lomo Camera e o MapCam são meus escolhidos cada um por uma funcionalidade diferente. Mas claro, isto é um celular, não uma câmera fotográfica então, não espere demais dele.

photospheregoogle

Enfim, pra encerrar e não estender mais o texto, posso dizer que é um ótimo gadget e, sendo um produto Google ele é 100% Android, ou seja, o sistema operacional é puro, não foi alterado para encaixar funcionalidades do aparelho, não trava (pelo menos não tem acontecido comigo desde que o comprei), tem um belo design (já disse isso?) e muitos elogios da parte dos que possuem um. Além disso – coisa de geek – é lindo ver a logo Google e as cores do Chrome quando você liga o aparelho.

Já esta no mercado o Nexus 5 com algumas melhoras – ouvi dizer que a câmera teve uma melhora significante – mas comparado com o 4 não foram tantas então, se você encontra uma diferença de R$ 500,00 à R$ 600,00 entre um em outro, quem decide qual comprar é o poder do seu bolso.

 

Written by MarcelGinn®

Não sou chegado de Dalton Trevisan, nem fiz poesia com Leminski, o que não me torna menos vampiro de Curitiba.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *