A nuvem, como ferramenta essencial de trabalho.
9 Flares Twitter 1 Facebook 7 Google+ 1 Pin It Share 0 Filament.io 9 Flares ×

Acredito que seja quase impossível você não ter ouvido falar sobre Computação em Nuvem.
Muitas empresas estão migrando seus servidores pessoais para esse sistema, em busca de maior segurança em armazenamento, maior flexibilidade de acesso, etc. Empresas como Amazon, Google, IBM e Microsoft foram pioneiras em iniciar nessa “nuvem de informação” (information cloud), que já se considera uma “nova fronteira da era digital. Aos poucos essa tecnologia, que era muito usada apenas em laboratórios, vem ingressando nas empresas e, também, em computadores domésticos. Como exemplo temos o próprio Chromebook do Google que é, simplificadamente falando, um notebook que não possui um grande disco rígido e nem mesmo leitor de CD/DVD. Ele vêm apenas com o Chrome OS, um sistema operacional baseado no Linux e no navegador Google Chrome e, inicializa diretamente no browser. Empresas como Asus, Toshiba, Haier, Acer, Samsung, HP, Dell e Lenovo já fabricam Chromebooks para o mercado, de olho nessa mudança. É fatídico que o HD terá, um dia, seu fim.

chromebook-pixel

Desejo de consumo…

Mas voltando à nuvem, vamos conhecer seu conceito, segundo a IBM:

A computação em nuvem é uma solução abrangente que entrega TI como um serviço. É uma solução de computação baseada na Internet, na qual recursos compartilhados são fornecidos como eletricidade distribuída na rede elétrica. Computadores na nuvem são configurados para trabalhar juntos, e os diversos aplicativos usam o poder da computação coletiva como se estivessem sendo executados em um único sistema.

Segundo o prório Google:
“O mundo atual hiperconectado precisa de outros tipos de ferramentas, que permitam colaborar em tempo real com pessoas do outro lado do escritório (ou do mundo). O marketing do mundo digital exige conectar-se com clientes imediatamente, e trabalhar a qualquer momento e em qualquer lugar, sem estar preso aos dispositivos tradicionais.”

Não é à toa que o Google lançou o pacote Google Apps for Work, que oferece a expertise de seus produtos na nuvem, de uma maneira mais profissional, voltada à empresas de todos os setores.

Claro, existem outros serviços de Cloud Computing pelo mercado, como o da Microsoft e o da GoGrid (considerada uma das melhores do mundo). E é bem provável que você mesmo já esteja utilizando esse serviço sem ter muita ideia do que é, como o Dropbox, Google Drive, o iCloud (exclusivo para produtos Apple) e o One Drive.

Como o vídeo acima mostra, para trabalho em equipes a nuvem se torna uma ferramenta fantástica! Muitas empresas – principalmente em épocas de crise – tem mudado seu sistema laboral para algo um pouco mais informal, utilizando os Home Offices, trabalhos com profissionais de outros países ou com freelancers que fornecem suas expertises diretamente de cafés, livrarias ou shoppings, sem necessariamente estar no mesmo ambiente físico. Isso seria impossível sem a nuvem.

Um caminho sem volta! Utilizar a nuvem para guardar seus arquivos pessoais ou, de uma forma mais robusta e profissional, para colocar todos os seus processos e arquivos de trabalho podendo contar com eles em qualquer horário de qualquer local, não é mais coisa do futuro. Tratando de melhorias nos processos de criação colaborativa, armazenamento seguro (não físico) e redução de custos, a nuvem está aí pra provar que o futuro é agora!

Written by MarcelGinn®

Não sou chegado de Dalton Trevisan, nem fiz poesia com Leminski, o que não me torna menos vampiro de Curitiba.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *